Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

Briga entre Vizinhos Termina com Homem Morto e Filho Baleado na Zona Rural

Um homem de 54 anos foi morto a tiros e duas pessoas ficaram feridas na tarde de segunda-feira (16), após se envolverem em uma briga, na linha 6, área rural de Cacoal (RO). Segundo consta no boletim de ocorrência, os envolvidos são vizinhos de propriedades rurais e teriam […]

Publicados

em

Um homem de 54 anos foi morto a tiros e duas pessoas ficaram feridas na tarde de segunda-feira (16), após se envolverem em uma briga, na linha 6, área rural de Cacoal (RO).

Segundo consta no boletim de ocorrência, os envolvidos são vizinhos de propriedades rurais e teriam se desentendido pelo fato da vítima ter cortado alguns galhos de uma árvore que ficava na divisa entre as chácaras. O filho da vítima também foi baleado no braço e o suspeito foi baleado na perna direita.

Os policiais militares foram chamados à chácara pois estaria ocorrendo uma briga entre vizinhos e disparos de armas de fogo. No local, os policiais encontraram um jovem com um ferimento no braço direito. Ele contou que era filho da vítima e que o vizinho de chácara havia atingido o pai com um tiro no peito e atirado nele no braço, e em seguida, fugido do local. O jovem contou ainda que o motivo da briga teria sido por causa de uns galhos de árvore.

O local do crime foi preservado pelos policias, que acionaram os Bombeiros Militares, pericia técnica e funerária. Todos estiverem na chácara, e após a realização dos trabalhos necessários e confirmação do óbito, o corpo foi liberado para a funerária de plantão.

Briga entre Vizinhos Termina com Homem Morto e Filho Baleado na Zona Rural

Captura e Defesa

Enquanto ainda estavam na chácara, os policiais foram informados de que o suspeito estava caminhando pela linha 6. Os policiais então conseguiram abordar o homem que ainda estava com a arma do crime, um revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas. Ele ainda estava com três munições intactas no bolso da calça.

Indagado sobre o que ocorreu, o homem disse que a vítima havia cortado uma árvore que ficava na divisa entre as chácaras de ambos e que tinha deixado os galhos atrapalhando a leitura do registro de água. Com isso, ele pegou os galhos e jogou na chácara do vizinho, o que motivou a discussão.

O homem contou ainda que a vítima e o filho pegaram um pedaço de madeira para agredi-lo, e que para se defender efetuou disparos contra os agressores. Durante a confusão, ele disse que também foi baleado na perna, mas não sabia quem o havia atingido.

Os policiais retornaram até a chácara onde o crime havia sido cometido e, em contato com o filho da vítima, sobre o ferimento na perna do vizinho, ele contou que após o pai ter sido baleado, ele saiu correndo com medo de também ser alvejado, e ainda assim foi atingido com um tiro no braço.

Então ele lembrou que o pai possuía uma espingarda, pegou a arma e retornou ao local do crime, encontrando o suspeito próximo ao corpo do pai. Nesse instante ele fez um disparo contra o vizinho, utilizando uma espingarda calibre 32.

As armas utilizadas nos crimes foram entregues ao perito. Ambos os envolvidos foram conduzidos até o Hospital de Urgência e Emergência de Cacoal (HEURO), em seguida apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Cacoal, onde ficaram à disposição da Justiça.

G1 > Editado por Divulga RO