Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

Dado como Morto a Pauladas por Filho, Idoso Sobrevive Seis Dias Embaixo de Cama

Um homem de 33 anos foi preso no início da tarde desta quinta-feira (30) em Candeias do Jamari (RO), suspeito de tentar matar o próprio pai a golpes de madeira. Ele é um idoso de 65 anos. Dado como morto pelos policiais, moradores e o suspeito, a perícia médica constatou que a vítima […]

Publicados

em

Um homem de 33 anos foi preso no início da tarde desta quinta-feira (30) em Candeias do Jamari (RO), suspeito de tentar matar o próprio pai a golpes de madeira. Ele é um idoso de 65 anos. Dado como morto pelos policiais, moradores e o suspeito, a perícia médica constatou que a vítima, na verdade, está viva.

Segundo a polícia, os moradores relataram terem sentido a ausência do idoso desde a última sexta-feira (24). Além disso, reclamaram de um forte cheiro vindo da casa da vítima. Foi quando resolveram ligar para a PM.

Na abordagem, o filho da vítima informou aos policiais que o pai estava viajando. Porém, quando entraram na residência, encontraram o idoso escondido embaixo de uma cama.

Questionado pelos militares, o acusado afirmou que tinha matado o próprio pai após uma discussão na última sexta. Na ocasião, ele o empurrou, fazendo com que a vítima batesse a cabeça na cama. O suspeito disse ainda que bateu quatro vezes na cabeça do pai com um pedaço de madeira. Após o crime, ele contou ter empurrado o corpo para debaixo do móvel.

Dado como Morto a Pauladas por Filho, Idoso Sobrevive Seis Dias Embaixo de Cama

Aos policiais, os moradores, que já suspeitavam do crime, informaram que o homem continuou trabalhando normalmente em uma loja de confecções da família durante todo esse tempo. O estabelecimento fica ena frente à residência da vítima.

No entanto, contrariando os vizinhos, a polícia e o próprio acusado, o idoso foi encontrado vivo. A conclusão veio após chegada da perícia ao local do crime. No local, uma das médicas constatou que a vítima ainda respirava, mesmo desacordada e com ferimentos na cabeça.

Com isso, o idoso foi levado por uma equipe do Corpo de Bombeiros ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, Zona Sul de Porto Velho.

Conforme a polícia, o acusado seguiu à Central de Flagrantes da cidade e chegou a correr o risco de ser linchado pela população. Os policiais tiveram que conter os ânimos dos populares.

Até o fechamento desta matéria, não recebemos nenhuma informação a respeito do estado clínico da vítima.

G1 > Editado por Divulga RO