Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

Mulher Morre Após ser Atropelada por Ônibus Escolar em Zona Rural

Uma monitora de transporte escolar em Machadinho d’Oeste (RO), foi atropelada pelo ônibus em que trabalhava no início da noite desta terça-feira (19). O motorista realizava a manobra em um carreador, na Linha MA 39 da zona rural do município, quando aconteceu o acidente […]

Publicados

em

Uma monitora de transporte escolar em Machadinho d’Oeste (RO), foi atropelada pelo ônibus em que trabalhava no início da noite desta terça-feira (19). O motorista realizava a manobra em um carreador, na Linha MA 39 da zona rural do município, quando aconteceu o acidente. Ela foi socorrida, mas faleceu antes de chegar ao hospital.

De acordo com ocorrência registrada pela Polícia Militar (PM), uma mulher de 25 anos, monitora de alunos, morreu após ser atropelada pelo ônibus escolar em que ela trabalhava. Um homem de 26 anos, motorista que dirigia o coletivo na hora do acidente, se apresentou ao Quartel da Policia Militar e descreveu o ocorrido.

Mulher Morre Após ser Atropelada por Ônibus Escolar em Zona Rural

No carreador na Linha MA 39, a monitora desceu do ônibus para acompanhar os alunos até próximo à uma residência e o motorista, como de costume, iniciou a manobra do veículo para continuar o trajeto. Nesse momento, os alunos gritaram para o motorista dizendo que havia atropelado a mulher.

O homem desceu do ônibus e, com ajuda de um pai que aguardava pelo filho, retirou a vítima de baixo do ônibus. Os dois tentaram reanimá-la enquanto ligavam para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), mas devido à distância do perímetro urbano, optaram por levar a vítima em carro particular até o hospital. A mulher não resistiu e faleceu a caminho do hospital.

Prestadas as informações, a ocorrência foi registrada e apresentada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) em Machadinho d’Oeste. Como o ônibus foi retirado do local por um funcionário da empresa, foi solicitado que o veículo seja localizado e levado para o pátio da UNISP para ser feita a perícia.

G1 > Editado por Divulga RO