Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

Padrasto é Preso Suspeito de Abusar de Enteada de 16 Anos

Um homem de 39 anos foi preso pela Polícia Militar (PM), na noite do último sábado (14), em Porto Velho, suspeito de abusar da enteada de 16 anos. Segundo a polícia, o abuso aconteceu na Estrada da Penal, no bairro Lagoa, quando a vítima pilotava uma moto, com o suspeito na garupa […]

Publicados

em

Um homem de 39 anos foi preso pela Polícia Militar (PM), na noite do último sábado (14), em Porto Velho, suspeito de abusar da enteada de 16 anos. Segundo a polícia, o abuso aconteceu na Estrada da Penal, no bairro Lagoa, quando a vítima pilotava uma moto, com o suspeito na garupa.

De acordo com relatos da adolescente, ela estava na casa onde mora, acompanhada da irmã, de 18 anos, quando o padrasto chegou e a convidou para ir a um sítio, onde estaria a mãe da jovem. Os dois seguiram para a área rural e lá permaneceram por algum tempo.

Horas depois, a adolescente precisou voltar para casa e o padrasto se ofereceu para levá-la de moto. Inicialmente, a moça estava na garupa, mas no caminho, desconfiada de que o padrasto tentaria fazer algo contra ela, pediu para pilotar a moto. O suspeito então foi para a garupa.

Padrasto é Preso Suspeito de Abusar de Enteada de 16 Anos

No trajeto, o homem começou a tocar, por cima da roupa, os seios, pernas e partes íntimas da enteada. Ele ainda teria oferecido dinheiro para que a jovem deixasse ele apalpá-la.

Quando chegou próximo a avenida Imigrantes com Guaporé, a vítima parou a moto e pediu ajuda a um mototaxista, para levá-la até a residência onde mora. Em seguida, a adolescente entrou em contato com a irmã e informou o ocorrido.

As duas foram até a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) na capital, e denunciaram o homem. De acordo com o registro de ocorrência, a mãe das jovens não tinha conhecimento do fato.

Uma equipe da PM foi até a residência do suspeito e o prendeu em flagrante. Segundo a polícia, ele apresentava sintomas de embriaguez, negou ter apalpado a enteada e ter oferecido dinheiro a ela. O caso foi registrado na Central de Polícia.

G1 > Editado por Divulga RO