Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

PM Dispara Tiros em Festa de Formatura em Cacoal

De acordo com testemunhas, em visível estado de embriaguez, um policial militar pertencente ao quadro da Polícia Militar de Rondônia em Santa Luzia D’Oeste, causou pânico durante o baile de formatura de uma turma de Direito da Faculdade de Rolim de Moura, no último domingo (04), em Cacoal […]

Publicados

em

De acordo com testemunhas, em visível estado de embriaguez, um policial militar pertencente ao quadro da Polícia Militar de Rondônia em Santa Luzia D’Oeste, causou pânico durante o baile de formatura de uma turma de Direito da Faculdade de Rolim de Moura, no último domingo (04), em Cacoal.

Por volta das duas horas da madrugada, a Polícia Militar de Cacoal foi acionada para atender uma ocorrência no Cacoal Selva Park. Um pouco antes, a equipe de segurança do local havia conseguido conter um policial militar que, descontrolado, já havia disparado contra veículos estacionados.

De acordo com informações, após ser contrariado em um desentendimento durante a festa de formatura, o policial foi até seu veículo buscar sua arma. Por determinado momento, o PM chegou a usar uma convidada como refém e disparou contra alguns veículos estacionados.

Segundo o capitão Antônio, do 4º Batalhão da Polícia Militar de Cacoal, ao qual o quartel de Santa Luzia é subordinado, o PM, o momento de descontrole do policial só não teria sido pior devido ao trabalho ágil da equipe de segurança da festa que conseguiu conter o policial, sem que nenhum convidado ou funcionário envolvido com a festa fosse gravemente machucado ou atingido pela arma de fogo.

PM Dispara Tiros em Festa de Formatura em Cacoal

De acordo com o capitão Antônio, o policial ficou preso durante o domingo, sendo solto após uma fiança ter sido estipulada e paga. “No âmbito administrativo, a corporação está procedendo a apuração da conduta praticada, afim de apurar o caso. Durante o processo, será assegurado a ampla defesa e contraditório e, a depender do que ficar comprovado, a sanção disciplinar poderá chegar até o licenciamento a bem da disciplina. Ou seja, a exclusão do serviço ativo da corporação”, explicou capitão Antônio.

Tribuna Popular > Editado por Divulga RO