Conecte-se conosco

Notícias de Rondônia

Projeto de Recuperação do Solo e Nascentes Evita Voçorocas em Cacoal

Propriedades rurais de Cacoal estão sendo atendidas com um projeto de recuperação de solo e nascentes idealizado pela administração municipal. Máquinas da Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAGRI) são disponibilizadas para atender as propriedades atingidas por voçoroca, que é um processo erosivo […]

Publicados

em

Propriedades rurais de Cacoal estão sendo atendidas com um projeto de recuperação de solo e nascentes idealizado pela administração municipal. Máquinas da Secretaria Municipal de Agricultura (SEMAGRI) são disponibilizadas para atender as propriedades atingidas por voçoroca, que é um processo erosivo de grande porte, ou que corram o risco. Os produtores que necessitarem desse trabalho devem procurar a SEMAGRI e informar o problema.

Todo serviço é fornecido sem custo aos produtores, que podem ainda obter palanques e arame para cercar as nascentes de água. Esses materiais são fornecidos pelo Fundo Municipal de Meio Ambiente e Agricultura e o objetivo é preservar a água para o futuro, mesmo estando Rondônia na Amazônia Legal, onde há água em abundância, informou o técnico agropecuário, contador e especialista em gestão ambiental, Jorge Murer, que relata ainda a escassez de água para a agricultura e mesmo potável em outras partes do país.

O projeto prevê a construção de curvas de nível, barraginhas, desassoreamento de nascentes e reversão de processos erosivos de grande porte, como forma de evitar danos nas propriedades e ainda proteger as nascentes e, consequentemente, também rios e córregos.

Nesta terça-feira (dia 04), os trabalhos foram feitos em três propriedades na Linha 5, Setor Prosperidade, que estavam sendo prejudicadas por voçoroca.

Projeto de Recuperação do Solo e Nascentes Evita Voçorocas em Cacoal

Diagnostico do Pirarara

Ainda com ligações ao projeto de recuperação do solo e nascentes, a SEMAGRI participou por três meses ininterruptos da elaboração e execução do diagnóstico do Pirarara, do nascente à foz. Em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEDAM), Ministério Público e das instituições de ensino superior FACIMED, UNESC e UNIR, estudos analisam o uso da água e problemas que possam levar à escassez. Novas etapas acontecerão, sempre objetivando estudos que evitem a falta de água no futuro.

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Cacoal
Editado por Divulga RO